Os Bonés Pretos

Meus caros 3 leitores, agora falta pouco, 3 dias pra ouvir o ronco dos motores de novo, já não agüento mais esperar! E a idéia hoje é falar da principal mudança da F1 esse ano: os pneus Pirelli.

A Pirelli está de volta a F1 depois de 19 anos fora, e volta pra substituir a Bridgestone, que pediu pra sair. Alguns pilotos andaram reclamando do desgaste dos novos pneus, que em pouco tempo perdem totalmente a aderência. Mas vale a pena lembrar que isso foi um pedido das equipes, um pneu que se deteriorasse mais rápido, e uma maior diferença entre os compostos com a intenção alterar as condições dos pilotos e as táticas de pista. Mas parece que os pneus supermacios, duram pouco mais de 5 voltas e começam a perder rendimento brutalmente. Alias, falando dos tipos de pneus, a Pirelli apresentou semana passada a sua forma de distinção entre um pneu e outro. Se no ano passado tínhamos a faixa verde que indicava o mais macio dos pneus do fim de semana, agora vai ser tudo colorido. Os pneus para chuva intensa terão o logo e o nome Pirelli em laranja, os intermediários em azul claro, os supermacios em vermelho, os macios em amarelo, os médios em branco e os duros serão prata.

Os novos (e coloridos) pneus Pirelli

A proposta é ate interessante, mas acho que vai ficar colorido demais. Mas é legal saber se o pneu usado é o macio ou o supermacio, coisa que não se conseguia fazer nos anos anteriores, já que só se sabia qual era o mais macio do fim de semana. Outra proposta interessante (usada algumas vezes pela Bridgestone) é de manter um tipo de pneu de diferença para o fim de semana. Por exemplo: na Austrália serão usados os pneus macios e os duros! Isso gera uma diferença ainda maior entre os carros, em situações distintas, o que deve deixar a corrida interessante.

Estão falando por ai que nessa primeira corrida, as equipes ficarão entre 2 e 3 paradas, mas eu aposto em 3. As equipes são muito conservadoras nesse aspecto. Foi a mesma coisa ano passado, quando ninguém sabia se os pneus poderiam suportar metade de uma corrida, e fizeram 2 paradas no Bahrein. Ai, aos poucos as equipes ousaram mais e perceberam que dava pra fazer uma parada só, levando aos melhores GPs do ano (Austrália, Malásia…). Acho que vai acontecer algo parecido esse ano. Equipes bem conservadoras na Austrália, ainda vendo o comportamento dos pneus. Lá na Malásia e na China poderemos esperar táticas mais ousadas.

E pra finalizar, o porquê do nome desse post. Quando comecei a ver F1 de verdade, dominava a Goodyear, e quando seus pilotos venciam, subiam ao pódio com um boné azul escuro. Depois, veio a Bridgestone com seus bonés vermelhos, a Michelin com os azuis claros. Procurei na internet imagens de algum boné da Pirelli, mas não me lembro de ter achado nada, mas algo me diz (provavelmente alguma imagem de infância) que os bonés da Pirelli serão pretos com amarelo. Alguém lembra ou sabe?

Montoya e Rubinho com os bonés azul da Michelin e Vermelho da Bridestone, quando as duas competiram

Boa noite para todos…

Sobre Pedro Horta

Engenheiro Mecânico que dá pitacos sobre F1, mas tb apaixonado por esportes, principalmente futebol, e uma boa cerveja!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a Os Bonés Pretos

  1. Fernando diz:

    O que minha longeva vida me traz de recordação é que a Pirelli equipava o “resto”. Era uma espécie de motor Hart (ou Cosworth nos dias de hoje). Ou seja, era o equipamento para quem andava lá atrás. Isso explica o porquê de você não encontrar fotos de ninguém com boné da Pirelli no Pódio. Eles até foram ao pódio, mas eu não lembro. Que me lembro a Pirelli equipou as poderosas equipes March, Eurobrun, Brabhan (na decadência), Arrows, etc. Acho que nem eram os pneus os culpados, mas deviam ser mais baratos.

  2. Geraldo Picanço diz:

    Acho esse negócio de fazer pneus piores para dar mais emoção às corridas uma brincadeira de crianças. Para criar mais pitstops? Pneus deteriorarem de repente e permitir ultrapassagens… Isso não é corrida; é gincana! Qual será a cor do botão que os pilotos terão de apertar para manterem o ovo equilibrado na colher?
    Proibiram o uso do duto de derivação do ar para dar mais segurança. Os pilotos tinham de tirar a mão do volante ou usar o joelho para ativarem o sistema, o que era um perigo. O Rubinho reclamou do aumento de botões. KERS e ASA MÓVEL ! Tiram a concentração na pista.
    Por que não voltarem as saias? Ou então colocar quebramolas nas pistas? Seria mais emocionante. Pontuação como nos desfiles de Escolas de Samba?
    Vou assistir essa corrida da Austrália e sentir a barra. Se for presepada, tô fora. Vou querer minha entrada de volta. E em HD!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s