O rei da Inglaterra!!!

Foi bom o GP da Inglaterra hein? Mantendo o nível de quase toda a temporada, uma boa corrida, cheia de ultrapassagens, grandes disputas e dessa vez, um vencedor diferente: Fernando Alonso.

Alonso vence o GP da Inglaterra, a primeira vitória da Ferrari no ano!

Verdade seja dita, Alonso só venceu porque a Red Bull, pela primeira vez, fez cagada nos boxes e tirou Vettel da ponta. O alemão chegou a cair pro terceiro lugar, superou Hamilton, mas não conseguiu chegar perto de Alonso. Pelo contrário, tomou foi um sufoco do Webber no finalzinho.  A corrida começou com pista meio molhada e os pilotos saíram com pneus intermediários. Vettel assumiu a ponta logo na primeira curva e por lá ficou por um bom tempo. A corrida teve várias trocas de posições e boas brigas como Perez e Rosberg, Massa e as duas Mclarens, Schumacher com o Koba e mais um monte que eu nem lembro agora. Na penúltima parada veio o lance crucial da corrida, um problema no macaco da Red Bull fez com que Vettel ficasse mais de 7 segundos nos boxes. Aí, Alonso assumiu a ponta pra não perder mais! O resultado final ficou:

1. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1m41s951
2. Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) – 1m38s521
3. Mark Webber (AUS/RBR-Renault) – 1m38s436
4. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – 1m39s202
5. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1m38s734
6. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1m39s499
7. Sergio Pérez (MEX/Sauber- ) – 1m40s933
8. Nick Heidfeld (ALE/Renault-Lotus) – 1m40s446
9. Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – 1m39s704
10. Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) – 1m40s568
11. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) – 1m38s982
12. Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) – 1m39s211
13. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) – 1m39s474
14. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) – 1m38s572
15. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) – 1m38s877
16. Timo Glock (ALE/MVR-Cosworth) – 1m42s202
17. Jerome D’Ambrosio (BEL/MVR-Cosworth – 1m42s435
18. Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth) – 1m47s559
19. Daniel Ricciardo (AUS/Hispania-Cosworth) – 1m46s610

Não Completaram:

Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – parou na volta 40
Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) – parou na volta 27
Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – parou na volta 27
Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) –
Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) – parou na volta 03

Vettel assumiu a ponta na largada, mas perdeu a corrida nos boxes

Não sei se foi só a proibição do difusor aquecido, junto com uma melhora da Ferrari, mas é fato que os carros vermelhos melhoraram bastante. Se não fosse o incidente no Box, provavelmente Vettel teria ganho, mas talvez com o Alonso ali no seu encalço. Só saberemos mesmo na Alemanha, quando os difusores voltarem (afinal a FIA liberou de novo, e acho que agora de forma definitiva). A Mclaren foi a equipe que mais sentiu a falta do difusor e não esteve muito bem.

Quanto aos pilotos, os grandes destaques foram Alonso e Hamilton. O primeiro, apesar de ter sido privilegiado pela bobagem da Red Bull, fez uma corridaça. Ele faz a diferença mesmo, justifica o salário que ganha e destrói o seu companheiro de equipe. Se não fosse por ele, e a sua capacidade de lutar, a Ferrari ainda iria continuar sem vitória esse ano. E Hamilton também uma corridaça. Largou em 10º, chegou a andar em segundo, mas sofreu com a falta de combustível e teve que tirar o pé. Acabou em quarto depois de uma disputa incrível com Massa nas últimas curvas. Aliás, esse foi o melhor pega do ano! Que disputa, roda a roda, com os carros se tocando e tudo terminando na reta, com Felipe chegando a 0,024segundos de Hamilton! Muito legal mesmo!

Outro fato interessante, apesar da área da asa móvel ser um pouco depois da reta de chegada, o ponto de ultrapassagem mais usado foi mesmo logo antes da reta final! Na grande reta os carros faziam belas manobras tentado passar por fora pra ficar com a linha de dentro na curva seguinte. Foram vários roda a roda ali. Muito legal. E mais legal mesmo foi o Kobayashi, quando percebeu que ia perder a posição pois estava por dentro da curva, deu um “X”  e ficou por dentro de novo! Esse japa é foda mesmo!!!

Massa é ultrapassado por fora por Button. O piloto brasileiro participou de várias brigas.

Enfim, uma grande corrida! Essa temporada está realmente se superando, pena só que as brigas não sejam na ponta de cima da tabela, essa já tem dono! Boa noite para todos!

Sobre Pedro Horta

Engenheiro Mecânico que dá pitacos sobre F1, mas tb apaixonado por esportes, principalmente futebol, e uma boa cerveja!
Esta entrada foi publicada em GP da Inglaterra com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a O rei da Inglaterra!!!

  1. Discordo da afirmação que tivemos um vencedor diferente dessa vez. O vencedor foi o piloto que chegou em primeiro lugar, como tem sido nos últimos anos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s