Mercedes W03 e a metade dos testes!

Salve salve leitores do Bloco do PV, último dia de carnaval aí, últimos blocos rolando, gente roubando nota de escola de samba e os testes da Formula 1 não param. Ontem os carros foram pra pista, dessa vez em Barcelona, para dar mais umas voltas com condições diferentes e fazer com que nós, fãs, sem muita noção de como está cada carro, especulemos sobre como será a partir da Austrália, e no fim dar quase tudo diferente! Mas antes dos carros andarem ontem, tivemos também a apresentação do novo Mercedes, o W03.

Começando pela fecha de prata, o W03 foi apresentado oficialmente ontem, lá no paddock de Barcelona mesmo e sem grandes surpresas. Apesar de ter prometido um carro revolucionário umas semanas atrás, o que se viu já desde o fim da semana passada, quando vazaram as fotos, e ontem no lançamento oficial, foi um carro conservador, dentro do que se tem feito para esse ano de 2012. O carro também tem o bico ornitorrinco, mas não é dos mais radicais, como Ferrari e Sauber. Me lembrou um pouco o da Lotus. A traseira do carro é mais esguia, geometria gerada em função do novo escapamento desse ano. Outra coisa que me chamou atenção foi o suporte da asa dianteira. O aparato é enorme, bem comprido mesmo e certamente também deve desempenhar alguma função aerodinâmica no carro. De resto, o carro é razoavelmente conservador. A própria cúpula da equipe fala que o carro de 2011 foi muito ousado e eles aprenderam muito com isso.

Schumacher, Rosberg, Ross Brawn e Nobert Haug com o novo W03

O time da estrela de três pontas manteve sua dupla de pilotos, e eu acho que vai ser um ano interessantíssimo para ambos. Schumacher está no seu último ano de contrato e, como não conseguiu repetir o desempenho dos tempos de Ferrari, pode desistir de vez da F1. Rumores dizem que o time deve apresentar um novo contrato pra ele, mas acho que tudo depende do desempenho do time esse ano. E Nico Rosberg tem que deixar de ser promessa. O piloto alemão já está com 26 anos e está indo para a sua sétima temporada na F1. Tá na hora de mostrar serviço. Mas mesmo assim ele depende do carro, e a própria Mercedes é outra que tem que mostrar serviço. Indo pro seu terceiro ano, herdou a estrutura da antiga Brawn, campeã em 2009 e ainda não mostrou muito a que veio. Parece que houve uma substituição entre as marcas alemãs. Saiu a BMW e entrou a Mercedes, mas o time de Brackley vem desempenhando o mesmo papel do time bávaro, aquela força logo abaixo das grandes, que conquista um pódio ou outro, e sempre promete pro ano seguinte, mas na hora fica na mesma. A diretoria da Mercedes já declarou que não está lá muito contente com os resultados e espera que esse ano o carro esteja no pódio com frequência. Vamos ver (e torcer) pra que isso aconteça!

Schumacher já levou o novo carro pra pista!

Ontem e hoje os carros voltaram para mais dois dos quatro dias de testes em Barcelona, na segunda das 3 sessões de testes. E como eu disse lá em cima, fica todo mundo nesse exercício de adivinhação, quem ta bem, quem ta mal, uns andam com pouco combustível, outros fazem simulação de corrida. Ontem deu Vettel como mais rápido, com Bruno Senna, o único brasileiro na pista ontem ficando em oitavo. Mais uma vez, Bruno focou nos testes de corrida e confiabilidade do novo FW34. Já hoje foi a vez de Nico Hulkenberg com a sua Force Índia ficar na frente com Perez em segundo e Vettel, fazendo simulação de corrida, em terceiro. Depois de 6 dias de testes, a metade do previsto, podemos tirar algumas conclusões: A Red Bull continua mandando no pedaço, devem continuar na frente, inclusive com o desempenho avassalador do ano passado;  o carro da Ferrari não nasceu bem, vai dar trabalho para os engenheiros e a Force Índia deve incomodar a Lotus e, se deixar, até mesmo a Mercedes. Os carros indianos têm sido rápidos e consistentes. Legal o crescimento do time de Vijay Malya!

Vettel dominou os treinos na terça

Agora a grande surpresa dos testes ontem foi o problema da Lotus. O time inglês, que mostrou ótimo desempenho em Jerez e prometia pra esse ano, descobriu ontem, depois de 7 voltas do Grojean, que o carro tinha um problema no chassi. O negócio parece ser tão grave que a equipe se retirou dos treinos dessa semana, só voltando na próxima, para reparar o erro nos dois chassis. É claro que a equipe não vai dizer que tipo de problema foi e qual a sua gravidade. O diretor-técnico Jason Allison disse ontem: “Antes de trazer o chassi E20-01 para Barcelona para substituir o 02, que foi danificado nesta manhã, nós fizemos uma série de simulações na fábrica, com base nos dados de pista fornecidos hoje cedo. O resultado disso é que fomos capazes de identificar uma área que requer um trabalho adicional a partir de agora. Será mais produtivo para nós realizar essas modificações em ambos os chassis em Enstone, ao invés de mandar o 01 para o teste aqui nesta semana. Nós vamos colocar tudo no lugar e vamos resolver o problema antes do próximo treino”. Muito tem se discutido sobre o assunto, mas na minha opinião, deve ter sido algo que botava em risco a segurança dos pilotos. Vamos esperar semana que vem.

A Lotus sofre de um problema grave em seu chassi!

Bom pessoal, o carnaval tá acabando, e o post também, em breve eu volto com mais novidades, treinos e afins. Lembrando que semana que vem tem mais testes, e devem aparecer os novos Marussia e HRT! Boa tarde para todos…

Sobre Pedro Horta

Engenheiro Mecânico que dá pitacos sobre F1, mas tb apaixonado por esportes, principalmente futebol, e uma boa cerveja!
Esta entrada foi publicada em Carros 2012 com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s